Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

quarta-feira, fevereiro 12, 2014

Sinfonia das Matas II


 
Tigre, Tigre

by Soaroir de Campos

Fev.12/2014
 
imagem google
 

Saudade do tempo que livres

Vagueávamos por nossa morada

Marcando nosso território

Com o aspergido de nossa mijada;

                                                

Tempo em selvagens bosques

Sem máculas, coleiras ou chips

Bebíamos das cristalinas fontes

Que conosco Ele plasmou

 

- Tigre, tigre, que vil ser

Te nega tal paraíso

E te desnuda o viver?

 

Ainda, com os mesmos andrajos,

Descosidos frente, costas

E os versos, bordados

E chuleados vícios arraigados...

 

Agradecemos a bondade do homem

Por destruir nosso habitat

Em troca do zoológico climatizado.

 

(titulo com ref. ao poema de William Blake)
 
 
Nota:
"Sinfonia das Matas"
Mote da semana/Ciranda de Poesias.
 

Nenhum comentário: