Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

quinta-feira, setembro 07, 2017

Nova Independência ou morte...

Trânsito em Julgado
  © Soaroir 7 de Setembro de 2017

Imagem relacionada

Insano o mau uso dessa liberdade de expressão na Internet onde cada um, por irresponsabilidade ou narcisismo, bole com assuntos que não domina . E, que na maioria das vezes, com patente gana de incitar o ódio; difamar, desorientar, confundir e por fim, influenciar a opinião dos politicamente inocentes ou menos atentos.

Na minha ignorância política, típico dos tupiniquins, eu, vinda de outro século, reparo em tudo que ouço e leio sobre política, um gozo quase indecoroso das pessoas em regurgitar suas opiniões como verdades absolutas, sem se importar sobre quem conspurca. Tal leviandade me atemoriza.

Sobretudo se navego desta Terra afora, choro ao ouvir o Hino Nacional e enxergar que a nossa Bandeira flamula em outros continentes. Mas hoje... Hoje me sinto à deriva neste barco sem timoneiro e Bandeira a meio-mastro.

Neste processo de trânsitos em julgados, anseio, cobiço por outras “Terra à Vista”  ou “Independência ou Morte”

1º rascunho sem revisão – Copyright Soaroir Maria de Campos
                                       

segunda-feira, agosto 28, 2017

terça-feira, agosto 08, 2017

Provérbio Africano

Soaroir August 9/2017

Resultado de imagem para o leão e a gazela


Todas as manhãs a gazela acorda sabendo que tem que correr mais veloz que o leão ou será morta. Todas as manhãs o leão acorda sabendo que deve correr mais rápido que a gazela ou morrerá de fome. Não importa se és um leão ou uma gazela: quando o Sol desponta o melhor é começares a correr”. Provérbio africano

(do livro em PDF: A confissão da leoa)
Mia Couto

sábado, maio 27, 2017

Índole

Soaroir 27/5/2017

Imagem relacionada

Desculpe-me Elefante, eu não queria te ferir, 
mas é da minha natureza…" Disse o escorpião.

Conhecendo St Neots UK

Imagem relacionada

Foto by Soaroir 2014

domingo, maio 21, 2017

Proverbio portugues


https://quemdisse.com.br/frase/quem-nao-tem-competencia-nao-se-estabelece/65025/

proverbio-portugues

Preludio de Outono


POEMAS DE OUTONO

 
POEMAS DE OUTONO
 
Prelúdio do Outono
Soaroir

Os cheiros que o sol suscita
trazem sentimentos santos
engraçam a inspiração
alardeam belos cantos
De manso vem o outono
destoante estação,
prometendo primaveras
antes do próximo verão.

Soaroir 11/3/07

The Leaves Are Green
"Old Rhyme"

The leaves are green, the nuts are brown,
They hang so high they won't come down.
Leave them alone till frosty weather,
Then they will all come down together.

domingo, maio 14, 2017

Manhêêê...


Mães!!!

Mães!!!
RÚCULA, REPOLHO, AGRIÃO

Quem
É aquela pessoa
Que faz a gente comer
Rúcula, repolho, agrião,
E diz que é pra gente crescer?

Elas são todas iguais
E muitas até são pais
Às vezes pentelhação
Mas, não desistem jamais !

É a sua, é a minha mãe,
É a tia, a avó, a professora,
É aquela que nos embala
Mas às vezes é repressora!

Quem
Come a gordurinha da carne,
Divide o filé para dois,
Come a alface de fora,
E a de dentro depois?

Quem
Que de noite cansada
Vem desligar a televisão,
Dá-nos um beijo de boa noite
E pede a Deus proteção?

E de olhos fechados
A gente finge que não vê
Aquele anjo noturno
Desligando a TV.

Já no dia seguinte
Cedo, bem de manhã
Tira a gente da cama
Com uns sucos de “maçã”.

“Levante menino é hora”
Diz pra gente não se esquecer
De escovar os cabelos e os dentes
Logo depois de comer.

Dá um beijo na saída
Indaga do RG
Deseja boa aula
E vai pra varanda nos ver...

Quem?
É a M a n h êêêêêêêêêêêêêêêê
Soaroir Maria de Campos 13/5/05

( “Mãe”)
Soaroir
Soaroir em 13/05/2007
Código do texto: T485593 

quinta-feira, maio 11, 2017

Juiz Moro e a Carruagem do Tempo

Copyright Soaroir
11/5/17

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado

Sou do tempo da ditadura e até tomei café com meu  ilustre vizinho  em sua casa na Rua Rendentor/Guanabara. Lá,  eu  não tinha opinião de nada. Só perguntas. Um dia aquele senhor gordinho e grisalho me disse: Voce vai crescer e entenderá melhor este Pais. O tempo passou e menos ainda entendo hoje. Duvido se eu, ou  o Pais, evoluiu. Continuo a buscar respostas.
Ontem, 10 de Maio de 2017 tive um insight quando daquela peleja: 
Seria isso que o marechal queria me dizer... Ouvi a tudo e daquela audiência conclui:

A seriedade e integridade com as quais o juiz Moro conduziu a audiência agradou sobremaneira àqueles com algum discernimento para entender que um juiz  não acusa; o juiz é um cidadão investido de autoridade pública com o poder, dever, para exercer a atividade jurisdicional, julgando,  os conflitos de interesse que  são submetidos à sua apreciação.

Referência também há que se fazer quanto a notória experiência do indiciado de manipular em proveito próprio, os fatos, mesmo com o publico e notório nervosismo e a indignação contida.
No computo geral, na minha humilde opinião, a missão do dr. Moro foi cumprida com honradez e êxito na audiência. Acho que é por ai...

(draft) depois continuo

quarta-feira, maio 10, 2017

Hiccup



Hiccup
By  Soaroir 2008

 Resultado de imagem para soluçando

When I drink I sleep
If I don´t, I do
So, what´s the meaning
Of not doing too ?

If I cry I die
If I don’t, I do
Só, what´s the reason
Of not doing too?

For these, I, then, write
I drink a shot too
Nor once, nor twice
But much more than you.

Bruxa Onilda da Gália
Enviado por Bruxa Onilda da Gália em 25/03/2008


sábado, abril 29, 2017

Rir é Mecanismo de Defesa

Soaroir
April 29/2017




As hienas mentem para se dar bem. Quando caçam em bando, uma delas sempre fica alerta à presença de concorrentes mais fortes, como leões. Se aparecer algum, ela dá um latido e o grupo foge. Mas às vezes a vigia engana as companheiras. Mesmo sem ver nenhum leão, ela soa o alarme. Enquanto o bando se dispersa, a amiga-da-onça fica sozinha com a comida, rindo à toa


Rir é o mecanismo das hienas 

quarta-feira, abril 26, 2017

Cervantes & Deus

Soaroir
26/04/17

Deus atura os maus
Mas não para sempre

Resultado de imagem para a mão de Deus

Dialogismo





Dores e Encantos do Poeta
Soaroir Maria de Campos 
SP 2006


  - Dialogismo -

Dói-lhe a falta de beribás , vertentes, abio, cajá
mãos e  tintas libertas de qualquer luz
formatamento da incoerência em ciência
fotossínteses sob  pés de manacá.

Dói-lhe ver a verve capada
se a puros e cubistas difere
o cerne de sua bafagem
de vulgos, tosco é julgado
arriada é toda a sua bagagem.

Espoliado o poeta re-volta, seu fado
feitiço no berço inoculado, volta
aos pés do  manacá encantado, Parnaso
e recomeça a prosear:

- Como vou reconhece-la, Poesia?
Com dois olhos, testa uma boca e um nariz?
Não vejo qualquer distinção!
- Se consigo te agradar, então sou poesia.
- E as lições e tratados; e, de Dionísio, a filosofia?
- Não duvides do que eu digo:
nada aqui é fantasia!
- Se  odeio, sem rima afadigo;
se amo, com métrica me execro.
É isso que é poetar?
- Só cai o que nasce  para baixo.
Poesias germinam no ar.

-Mas e a musa de outrora, de antiga rama,
é este um outro valor que se alevanta?
Nesta verve meu sangue ainda é lusitano,
brada a fama das vitórias que rimaram,
aroma que esta alma, ainda minha,
verte no sabor daquelas vinhas...

- Cessem, do sábio Grego e dos Troianos,
ádvenas ou vultos grandes que fizeram;
foram-se Alexandres e Trajanos,
romançarias com vitórias que tiveram.
Outro mais alto valor me alimenta
nas fadigas que neste tempo vos verberam.
Hoje sou uma outra poesia que as sustenta

soaroir@yahoo.com.br
São Paulo - Brasil

quarta-feira, março 29, 2017

Poesia Antiga

Robert Burns (1758-1796) 






THE BANKS OF BANNA (original)
Yestreen I had a pint o wine,
A place where body saw na;
Yestreen lay on this breast o’ mine
The gowden locks of Anna.
The hungry Jew in wilderness
Rejoicing o’er his manna
Was naething to my hiney bliss
Upon the lips of Anna.

Ye Monarchs take the East and West
Frae Indus to Savannah:
Gie me within my straining grasp
The melting form of Anna!
There I’ll despise Imperial charms,
While dying raptures in her arms,
I give an take wi Anna!

Awa, thou flaunting God of Day!
Awa, thou pale Diana!
Ilk Star, gae hide thy twinkling ray,
When I’m to meet my Anna!
Come, in thy raven plumage, Night
(Sun, Moon, and Stars, withdrawn a’,)
And bring an Angel-pen to write
My transports with my Anna!

https://viciodapoesia.com/2012/11/20/robert-burns-1758-1796-alguns-poemas/ 


quinta-feira, março 23, 2017

Não Matarás

Reedição

Não matarás 
SOAROIR
23/8/2006


Não matarás o inocente 
Não matarás o feto 
Não matarás o espermatozoide 
Não matarás o desenganado 
Não matarás a onça 
Não matarás os rios 
Não matarás os pais 
Não matarás os filhos 
Não matarás, Cícero 
Não matarás, Santo Agostinho 
Não matarás, São Thomas 
Não matarás, De Grotius 
Não matarás Direitos Humanos 
Não matarás, liderança 
Não matarás, religião 
Não matarás Deus 
Não matarás, bellum justum 
jus in mundo  PAX est 
 

SOAROIR
23/8/2006

Se eu morresse Amanhã

Reedição
40- Se Eu Morresse Amanhã 
©Soaroir Maria de Campos  

I

Desinfetar o beco e abandonar o eito...
Antes, porém eu da sentença recorreria,
em cabendo uma apelação para tal feito.

Certamente, se amanhã morrer fosse o dia,
chegada a hora daqui eu ter que partir
de volta pras estrelas, lugar donde eu vim,
indeferimento rogaria pro meu sair.

Acinte, desazado momento, aceria!
Das gentes que conheço com nada a provir
premiada delação por tempo eu trocaria
pra minha criadeiria eu poder cumprir.

II

Amanhã um dia, se finalmente, o dia,
vir de lá de cima a ordem pra partir,
a mais intensa febre de agror
das imputadas penas eu buscarei remir
do ventre inda aquecido por este calor

– Ontem não pude vos dar amor! Eu sei.
Vinde aos meus seios, agora vos esperam...
Não deveríeis assim ter partido! Errei...

Quero no Céu ter uma brecha permanente,
um novo começo para as vidas desmedradas,
guardadas neste mofino quarto quente,
pelo meu amor ainda abaetadas.

Silente Existência vinde repartejante
a quem hoje a Vida foi quem abortou
arrependida e eternamente penitente.

Set.15-2006_São Paulo, Brasil

terça-feira, março 21, 2017

Curiosidade do Português

À Bessa
(Ao estilo Bessa)


"A expressão “à beça” significa “em grande quantidade”. É atribuída aos muitos argumentos usados pelo jurista sergipano Gumercindo Bessa ao enfrentar Rui Barbosa em famosa disputa pela independência do então território do Acre, que seria incorporado ao Estado do Amazonas.
Segundo o professor Deonísio da Silva, no seu De onde vêm as palavras II, o primeiro a usar tal expressão foi Rodrigues Alves, presidente do Brasil de 1902 a 1906. Admirado com a eloquência de um cidadão ao expor suas ideias, teria exclamado: “O senhor tem argumentos à Bessa!” Com o tempo, o sobrenome famoso perdeu a inicial maiúscula e os dois “esses” foram substituídos por um “cê-cedilha”."

(texto copiado da Internet)

domingo, março 12, 2017

Ao Entardecer

Reedição de 2009

By The Dusk - Ao Entardecer


AO ENTARDECER...
© Soaroir Maria de Campos

Resultado de imagem para entardecer soaroir

o universo pára ao entardecer
maritacas se refugiam em qualquer lugar
os cães adormecem enroscados à cauda
a dormideira se prepara para a segunda-feira

o universo pára ao entardecer
jovens ansiando pelo novo sol
velhos cabeceando seu crepúsculo
padres orando por suas almas

o universo pára ao entardecer
para a rolinha retornar ao ninho
as naus vergarem seus mastros
o âmago encerrar-se em claustros

o universo pára ao entardecer...
ante a paleta de Maguetas.

São Paulo/SP-Br - Out.30/2007


Free translation:

the universe halts by the dusk
maritacas¹ take refuge everywhere
dogs asleep round their tails
mimosas readying for the Monday

the universe halts by the dusk
young waiting for the sunrise
elder heading their twilight
preachers praying for their souls

the universe halts by the dusk
for the columbina returns to its nest
ships bend their masts
and the soul encloses in cloisters

the universe halts by the dusk
before Maguetas’ palette

¹ - Pionus bird
Soaroir de Campos :

sábado, março 04, 2017

Dia da Mulher Versos Soltos

Soaroir

Resultado de imagem para salto alto desenho



Desexcomungada é a mulher 
que sem os traços de união 
de igreja, família e um José 
assume ser (solitária)  parideira  
rechaçada e mal amada 
durante uma vida inteira. 
Soaroir

ritmadas vêm as contrações 

muito antes da raquidiana, cesária  
ou natural parturição - enfim a face 
de dois - em uma placenta solitária.
Soaroir

quarta-feira, fevereiro 15, 2017

Não se decepcione

Soaroir 15/02/17

Não se confunda com a multidão,
Você é único no Universo.
Por isso, não se decepcione.

~Soaroir

domingo, fevereiro 12, 2017

Palavras de Alan Poe

Soaroir
12/2/17

Imagem relacionada

Fiquei muito tempo dentro da minha cabeça... Acabei perdendo o juízo. 

Edgar Allan Poe

sexta-feira, fevereiro 10, 2017

Não Semeie aos Corvos

Esperança - Colheita
copyright Soaroir - Dez/26/2012

Resultado de imagem para corvo na plantação

Aquele que atira ao leu, no ar,
Boas sementes
Alimenta os corvos.
                   
O que semeia -

Aposta na rebentação

Ora e espera...

sábado, janeiro 28, 2017

Elucubrações da Fé

FÉ I

Soaroir - 2006


QUEBRA-PEDRA
Dias, dias que fé não remove dor
Não supera a solidão da insolução
Não balda a realidade, enfeita
Tampouco ocupa os calhaus
ou a rocha nua.

Ela se cala exata, escondida
Quando recai a receança crua
Sobre a ferida já tão bulida
Que nem o verbo pode expiar
No papel tal sobrecarga
Que a fé tanto embalou
Numa realidade não cabida
Na vida que sobejou.

Eis que emerge da profundez
A descrença nunca acarada
E num momento de sensatez
Vê-se a fé movendo nada.


Soaroir
24/04/06

domingo, janeiro 22, 2017

Violetas para Mamãe




Violetas para Mamãe
Soaroir
10/5/09


Ontem comprei violetas fresquinhas
Hoje as entreguei a minha mãe
Precisavam ver o sorriso delas
Por todo o porta-retratos...

Leia mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=247600 © Luso-Poemas

and all the way I will

(Free Translation)

... and all the way I will embrace you
© Soaroir 23/8/08


Set aside that wine.
That merlot
Matching with our crop.
On the table, set the finest linen cloth.

Grace yourself.
And the house, brimming with flowers and candlesticks.
I will anchor in my port
Please, not one beauty reject.

I will take you as "si fueras un niño"
By hand, by arms, on lap
Among the enviable immortals
From Algarve to Minho

... and through the way
I will embrace you.

Furthermore,
Set aside none of what we've had together
Of poetry, I'll take care of
For us to cross the portals.

And through the way
I will embrace you.



Motto: "Life with Wisdom"



Read more: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=246914 © Luso-Poems


quinta-feira, janeiro 12, 2017

Pote de Poesias: Poesia Oração

Pote de Poesias: Poesia Oração: próximo movimento Soaroir 11/8/10                 mote: (poesia oração ) encurralada entre a dúvida e o medo sucumbo ao próximo mov...