Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

domingo, julho 15, 2007

Campos dos Goytacazes


Um Amor de Lugar
Por: Soaroir Maria de Campos

Não sou do Norte
Tampouco do Sul
Do Oeste nem passei por perto
Do Leste passo rente.
Sinto falta do chuvisco,
tapioca e aguardente.
Venho da boca e olho do cão,
garganta, no mapa focinho da fera.
Sou mais daquele brasileiro Nordeste;
Barro Branco, Morro Grande
Cupim Ururaí sou de Campos.
Sou parte daquela gente…
terra… foi lá onde eu nasci.
Lá o barro é vermelho e as gentes nobres.
Goytacaz, sou mais uma sua índia valente,
no seu lugar vivi, e aprendi ser gente.
Hoje aqui, quando já cresci,
sonho e me atrevo;
penso no caldo de sua cana caiana;
no arco e na flecha que me destes, tacape;
escudos pra eu chegar aqui;
a praça, igreja de S. Salvador;
namoro de domingo;
flerte na procissão;
Campos, sinto saudades de ti…
Campos, sinto saudades de mim.

Soaroir Maria de Campos/2006
(Sem revisão)

Nenhum comentário: