Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sábado, setembro 15, 2007

Abra a janela


                                                             imagem copyright Soaroir


Abra a janela
© Soaroir Maria de Campos

15/9/07 12:19h
p/poesia on-line do RL

Tantas vezes ansiosos
Debruçamo-nos na janela
Ao fundo o horizonte
O mundo exterior
Todo o inverno
Demais estações
Desfilando por ela
Enquanto o poeta canta:
Há só cada um de nós
Como uma cave.

Nossa alma fechada
Na janela aberta
Olha e não vê
O tempo chegando
Anti criogénesis
O mundo passando
A falta de chuva
O grito das flores
O planeta sofrendo
Ressequidos horrores
E o poeta a fio...:
Não basta abrir a janela
para ver os campos e o rio.


mote: "Janela aberta (minha alma abriu-se)"
In “Cabo da boa esperança “ Sebastião da Gama

Nenhum comentário: