Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sábado, setembro 22, 2007

Achas ao vento





Achas ao vento
© Soaroir 16/9/07 16:35
p/poesia on-line do RL



Suave vento de setembro
O que me trazes nesta manhã?

Lascas do passado de presente
empilhadas ao pé das montanhas
que se me barram ao topo do futuro.

Então dependes de tempestades
Para atingires a cimeira?

Eu rufo plumagens de aves
De ondas de todos os mares
Zuno pelas frestas e curvas
Das noites, e de pomares.

E hoje, o que me trazes?

A Primavera, seu norte...
Atinado, trago-lhe em ramas
As brisas de boa sorte.

mote: 'O guardador de rebanhos'
In “Poemas completos de Alberto Caeiro”

Nenhum comentário: