Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

quinta-feira, novembro 06, 2008

Noite

©Soaroir
4/11/08

de noite vejo o escuro
arrumo a condição de ungida
na caverna vazia o clarão
subterrâneo do inconsciente
do instinto e do espírito
onde ouço o eco e o nada
no conceito do divino.


mote: noite
No caminho que ninguém caminha, alta noite já se ia
Ninguém com os pés na água
Nenhuma pessoa sozinha ia
Nenhuma pessoa vinha
Nem a manhãzinha, nem a madrugada
Nem a estrela-guia, nem a estrela d'alva
Alta noite já se ia, ninguém na estrada andava...

( Alta noite - Marisa Monte)

Um comentário:

Vieira Calado disse...

Olá!

Dei uma volta pelo blog.
É lègal!

Cumprimentos