Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sexta-feira, fevereiro 13, 2009

Objetivo de Vida

Soaroir
11/2/09

Confesso. Sou uma boa ex tudo. Quase tudo.
Já me aposentei dos aceiros. Agora vivo
sem meta e bem melhor após a metamorfose
Sou poeta “au concour” - eu me designei -
para falar do tempo do milharal;
da seva da mandioca e do sumo
destilando no tipiti – na Casa de Farinha;
de quando eu separei as ramas para o replantio
antes das chuvas, ao sol, sob meu chapéu,
aguardando, sem pensar na vida ou na morte fria,
pela hora de arriar e voltar pra casa -
acender as lamparinas e rezar
agradecendo por mais um dia.



"Com muita freqüência, nos identificamos com aquilo que fazemos, e não por aquilo que somos.
O propósito fundamental de uma ocupação é prover os meios para o sustento. A menos que tenhamos algum objetivo supremo, no entanto, trabalhamos para sobreviver, e sobrevivemos para poder trabalhar – o que é um ciclo sem sentido.
Como podemos saber o que somos? Olhando para aquilo que fazemos durante as horas nas quais não trabalhamos, quando não estamos engajados nos meios de sobrevivência. Poderia ser chocante descobrir que nosso supremo propósito na vida é assistir televisão ou nos perder em qualquer outra diversão.
O descanso e o relaxamento são tão vitais para a vida quanto água e alimento. Porém, depois que nossas necessidades vitais foram satisfeitas, deveria haver algo pelo qual vivermos.
Se não temos uma meta importante, devemos pelo menos ficar ocupados procurando uma."

fonte: Chabad Shalom.Org

Nenhum comentário: