Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

quarta-feira, setembro 08, 2010

Canção dos Nibelungs

Como Canção dos Nibelungos ¹
Soaroir 8/9/10


exercicio para o mote:
"novos horizontes"



Baixo a guarda, sigo a fé dos tolos
A moral das fábulas, com a derrota da fraqueza
E os contos, com fadas e castelos
Amazonas e cavaleiros

Enquanto no horizonte
Um novo dia move  - a narrativa breve
Para uma saga - de Volsungos



http://portal.unesco.org/ci/en/ev.php-URL_ID=27040&URL_DO=DO_TOPIC&URL_SECTION=201.html

2 comentários:

Soaroir de Campos disse...

transportado de Pote de Poesias.com:
08/09/2010 23:50 - Joseph Shafan
Duas bobagens minhas iniciais acerca de Nibelungenlied (Canção dos Nibelungos): - morrer todo mundo vai, então fica importante a morte honrosa (cavalheiresca); - todo mundo tem ao menos um ponto fraco, a que se deve ficar atento. Uma reinterpretação atualizadíssima transpondo para o Brasil de hoje, pode compor entre outras coisas de que embora, burgúndios e hunos encontrem por oponentes chefes medíocres (na própira incapacidade em processo de escolha viciado), sempre há a possibilidade do caminho se abrir para Flavius Aetius que sabe fazer uma coalizão adequada ao tempo e lugar, ser vangloriado em 'Châlons'. A morte alcança a todos, como alcançou Aetius também e conteve consequências, mas uma obscuridade pode ser prenúncio de uma iluminação mais eficiente, mais capaz e mais duradoura. Em outra explicação, mais ligada a Nibelungenlied, Hermann re-úne (une novamente) os povos germânicos, sob a capa de lendas, sendo eficiente, embora a inconstância de sub-culturas históricas que compõem uma cultura, vá desmembrando ora, vá recompondo ora, até a presente re-unificação das Alemanhas. São também através das sagas, das epopéias etc que se pode ter um olhar de passado, presente e quiçá futuro de conglomerados humanos. Abraços e parabéns pela composição, no mínimo interessante Ainda 'fresquinha' e creio pertinente a frase do jurista Fabio Konder Comparato acerca da legitimidade do poder: "Toda sociedade ou associação estável organiza-se em função do poder, que é a capacidade atribuida aos dirigentes de impor suas decisões, com base em princípios fundamentais, consensualmente aceitos."

Soaroir de Campos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.