Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

segunda-feira, maio 07, 2012

De Súbito

De Súbito
Copyright Soaroir
7/5/2012



Queria enviar-te um contra-ponto.
Olhei todos meus guardados
Achei nada... - poesia nem conto -
Escritos, ou mesmo pensados.
E contestar - todo esse cansaço
Que em teus versos apeais
Como violão sem braço
Bulindo a vida como se tuta-e-meia
Nada... então acabo no reponto
Envio-te então um abraço
Sem pejo e sem afronto
...mas da vida ...
           o que resta é (só) um bagaço...

(sem revisão)

(interação com http://depressaoepoesia.ning.com/profiles/blog/show?id=3551066%3ABlogPost%3A342109&xgs=1&xg_source=msg_share_post )

Nenhum comentário: