Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

terça-feira, maio 08, 2012

Dueto Sem Amor


SEM AMOR
EM MINHA JANELA


Tua vida era a minha

Fez-se em mim, verdadeira
A minha era a tua
Um amor em eterna brincadeira

Passou...
Feito ave de arribação

Heras e eternas sombras das roseiras
No vai e vem da paixão

Fazem-me querer-te a vida inteira...
À morada do amor no coração



Minha vida, hoje pintura
Emoldurada em minha portela

A tua paisagem...

Matizada em minha janela



Soaroir Maia de Campos

Gilnei Nepomuceno

Um comentário:

Maurélio disse...

Belíssimo dueto, adorei!!! Beijos e abraços queridos