Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

quinta-feira, novembro 04, 2010

A Fada do Tempo

(provisorio)
Soaroir 4/11/10

exercício para o mote: "Era uma vez"


 fotografia=Filipa/google

Havia um mundo encantado
Onde cada um tinha um dom
Uns nasciam para a eloqüência
Outros, dar vida à criação
Todos sabiam qual seu lugar

Menos uma que nascera
Com defeito de aceitação

Marginal a infeliz
Parou de procurar
Naquele mundo seu lugar

Até virar a esquina do tempo
Cuja fada  - encantada
Mostrou-lhe a serventia

Dos que nascem pra pensar...

volto


"Conto de fadas

Eu trago-te nas mãos o esquecimento
Das horas más que tens vivido, Amor!
E para as tuas chagas o ungüento
Com que sarei a minha própria dor.

Os meus gestos são ondas de Sorrento...
Trago no nome as letras duma flor...
Foi dos meus olhos garços que um pintor
Tirou a luz para pintar o vento...

Dou-te o que tenho: o astro que dormita,
O manto dos crepúsculos da tarde,
O sol que é de oiro, a onda que palpita.

Dou-te, comigo, o mundo que Deus fez!
Eu sou Aquela de quem tens saudade,
A princesa de conto: "Era uma vez..."


Florbela Espanca


Nenhum comentário: