Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

segunda-feira, novembro 01, 2010

Dia de Finados

Regaço Final
Soaroir 01/11/10



Entre narcisos-do-prado
Cruzes, lápides de mármore
Ó meu pai – Ó minha mãe
Rogai por mim - ainda - desterrada...
Amparem na travessia
Esta -  largada entre escombros
             no mundo paralelo ...

continua...

Mote: O Regaço
Inspirados em: Sobre o regaço
Gustavo Adolfo Bécquer

Sobre o regaço tinha
o livro bem aberto;
tocavam em meu rosto
seus caracóis negros.
Não víamos as letras
nem um nem outro, creio;
mas guardávamos ambos
fundo silêncio.
Por quanto tempo? Nem então
pude sabê-lo.
Sei só que não se ouvia mais que o alento,
que apressado escapava
dos lábios secos.
Só sei que nos voltámos
os dois ao mesmo tempo,
os olhos encontraram-se
e ressoou um beijo.

Nenhum comentário: