Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sábado, junho 09, 2012

Curto Conto Curto

As Horas Ulteriores
By Soaroir
7/5/12

A terapeuta pediu que Grudum , a paciente, olhasse de fora aquele problema. Assim ela fez. E, como se uma nuvem negra caísse sobre o ultimo objeto de sua salva guarda, ela ficou a mercê da visão de espectador. Amofinou-se de veras ao olha para aquela coisa absurda que lhe acontecia.
Naquele Sábado, ao retornar para as faculdades além da alma, morais e intelectuais, ou seja, a realidade, destampou uma cerveja forte e racionalizou. Lembrou-se de obsoletas máximas que não mais se aplicavam àquele século.

Na parede releu, na reminiscência do despejo, a gravura com a carta de van Gogh para Theo, onde ele miserável e humildemente manifesta agradecimentos pelas esmolas e explica como usou o dinheiro que recebeu pela venda de seus próprios quadros. Mon Cher Theo... merci de ta lettre contenant les échantillons , anexando um esboço que justifica sua necessidade de mais material. Pobre ser ingênuo... como todos com alma feita de tinta.
Le pêcher... 3 mêtres de celle à 6 fr. ...Pour ce qui est deson...


Nenhum comentário: