Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

domingo, junho 24, 2012

Tempo de Sonhos

Quando eu ainda menina
Soaroir 24/6/12




Sem tamancos e muitos sonhos


Ao caçar, papafumos¹ e vaga-lumes²,


Sem ideia do que esperar,


Do outro lado da montanha


Eu sonhava - naquele tempo -


Ser um encantado lugar


Este em que vivo agora.

¹ libélulas
²
pirilampos
(imagem/google)

Um comentário:

Si Arian disse...

Bom dia poeta!
Belíssimo poema que nos traz a imagem de quando sonhávamos e do hoje realizado!
Uma ótima semana repleta de encantos e poesias.
Beijos na alma.