Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sábado, setembro 06, 2008

As malhas de um sonho

©Soaroir de Campos
06/09/08

imagem:google













ontem vó Mila tricotava uma blusa que eu só via de frente.

em bege, fazia um V no meio um friso vinho rubente

arrematando acima do peito e barrando um branco evidente.

sem saber que era um sonho experimentei tão contente!

mas lhe pedi para encompridar, coisas que só vó faz pra gente...

assim que acabei de acordar, pensei naquele sonho recente:

“preparava ela o meu lugar”? depois entendi claramente...

ela pedia para eu arrematar, as malhas que deixou pra gente.

vestida dessa afeição me levantei satisfeita, alegre e menos carente.




para poesia on-line do RL
mote por Auristela Fusinato Wilhelm: Sonhos
"
Há quem diga que todas as noites são de sonhos.
Mas há também quem garanta que nem todas, só as de verão.
No fundo, isto não tem muita importância.
O que interessa mesmo não é a noite em si, são os sonhos.
Sonhos que o homem sonha sempre, em todos os lugares,
em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado
."
Willian Shakespeare
in:"Sonho de uma Noite de Verão"

Nenhum comentário: