Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

quarta-feira, setembro 03, 2008

Tempo de Mariscar

By Soaroir 03/09/08


doida sabiá.
como eu, se refestela
ainda de madrugada.
- tirri –trirô , trirô, truri-truri, tirri-trirô.
com mais vigor avisa ela:
- é tempo de Primavera.
- tirri –trirô , trirô, truri-truri, tirri-trirô.
hora de largar o ninho, ir mariscar.
grita que nem maluca:
-tirri –trirô , trirô, truri-truri, tirri-trirô.
andorinhas fazem verão.
fugindo de pastos raros
bandos surgem no horizonte
atendendo a sabiá.
-tirri –trirô , trirô, truri-truri, tirri-trirô.
até o mundo inteiro acordar.


para poesia on-line do RL
mote por Nilza Azzi: Horizontes a Desvendar

3 comentários:

Anônimo disse...

04/09/2008 07h29 - Emmanuel Almeida
Que lindo alerta para este dia, assim como no seu poema acordei ouvindo a sabiá cantar, que lindo o seu versejar, muita emoção me ocorreu agora. Bom dia Poetisa

Anônimo disse...

04/09/2008 07h47 - Vania Staggemeier
BOM DIA QUERIDA! E ASSIM VAMOS DESVENDANDO CADA DIA UM POUQUINHO MAIS SOBRE NOSSO AMANHECER DE CADA DIA! BELEZA E MAGIA TUA POESIA! BJSSS NA ALMA E UM DIA MARAVILHOSO.. VANIA

Anônimo disse...

04/09/2008 17h12 - HENRICABILIO
Belos são os cânticos da aves... mas eu prefiro namoriscar. rsss... Um abraçooo luso!
04/09/2008 07h58 - ivi
Perfeito !! Beijos.