Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

segunda-feira, setembro 15, 2008

nunca vi um passarinho eremita

© Soaroir de Campos 15/9/08

porque a vida é agora

















selvagem passarinho

que só precisa escolher o galho

a hora e a estação de cantar

o lugar de fazer seu ninho

sem diante do mundo medrar

nem o ontem nem o amanhã

comprometem a sua arte

de viver para avoar.

selvagem passarinho

eu quisera aprender, quiçá!

a ser assim como você

só virtudes, sem pecados

sem culpas ou saberes

do tempo e do sobreviver.

oxalá eu pudesse, selvagem passarinho

como você avoar com sensatez

pela vida que não escolheu.



para poesia on-line do RL
mote por Eritania Brunoro:

Porque a vida é agora

Nenhum comentário: