Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

quarta-feira, março 18, 2009

Clodovil. Por Soaroir

Ceando com Plutão
Soaroir 18/3/09








Eu queria fazer uma Crônica, mas preciso correr para penhorar umas jóias e cobrir um cheque de emergência. Então que seja só esta croniquinha muito pobre como toda aquela gente fazendo média e repetindo frases decoradas para o momento: “ ele era tão....” ou “ele vai fazer falta” “a sua importância para ”...
Agora é tarde. Não adianta sair correndo por ai atrás dos seus feitos, da real importância do artista Clodovil Hernandez.. “É tarde, muito tarde. É tarde até que arde...” para os estoriadores apressadinhos em lançar biografias – os mesmos que certamente o viam com censura ou desdém –... Mas eu gostava dele, talvez tivessemos, além do signo , alguma coisa em comum na irreverencia. Eu votei nele e continuarei votando cada vez que ligar a televisão e vir a falta de bom gosto, e nos desfiles de panos e trapos, eu sentirei saudade da sua alta costura..
Bom. Eu preciso ir. Que o sempre elegante homem Clodovil esteja em boas companhias exibindo sua sabedoria, bom gosto e prazer pela vida – especialmente agora ceando com Plutão.


("ESTA NOITE CEAREMOS COM PLUTÃO!",
disse Leônidas aos 300 de Esparta)

obs.
Plutão aqui é o Deus dos mortos



(texto sem revisão)

Um comentário:

Anônimo disse...

Isso, minha menina, concordo com você. Agora, a mídia fará dele um mártir e, ainda, nada dirão das perseguições que ele sofreu. Clodovil nunca afrontou a sua consciência, desafiava a todos. Eu, como você, sempre gostei dele. A minha crônica retrata, fielmente, o que eu sentia por ele e ele, em via, há mais de 20 anos, sabia disso. Parabéns, Edson
gonçalves ferreira em 20/03/2009