Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

domingo, março 29, 2009

Mudança

Soaroir 23/3/09

Mudo a sala, a cozinha as cortinas
De casa , de bairro, de caminho
Mudo até o dia de uma decisão
Nenhuma mudança me sacia
Se um dia eu não puder mudar
Nuanças de desafetos por ventura
Incrustadas na imutável cor
De minha origem, raça e alma.



Mote: Mudança

METAMORFOSE

Meu coração repleto de esplendores
Como as grutas fantásticas do Oriente,
Será digno de ti. Por ti somente
Foi que eu junquei meu coração de flores.

Por ti despi-o, das passadas cores
Por ti sequei a lágrima pungente,
Que gotejava como o orvalho ardente,
Silenciosa sobre as minhas dores !

Entra. Percorre estes vergeis risonhos,
Calca a sorrir a terra umedecida
Onde palpita o mundo dos meus sonhos.

Fica, porém, atenta e prevenida;
Hás de ouvir, muitas vezes, os medonhos
E surdos ais de uma ilusão perdida.

Luis Guimarães

Luiz Caetano Pereira Guimarães Jr. (1847/1898)
Nasceu no Rio de Janeiro,dedicou-se à carreira diplomática. O soneto "Visita à Casa Paterna" consagrou-o como poeta, Escreveu os livros: Sonetos e Rimas, ; Poema dos Mortos; Noturnos; Curvas e Ziguezagues e outros. Foi sócio fundador da Academia Brasileira de Letras.




Nenhum comentário: