Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sexta-feira, julho 16, 2010

Amor & Razões

Soaroir 16/7/10


amor –

 corpo celeste –

meteoro –

estrela cadente

cada qual com brilho próprio

 imagens –

   momentos  -

durantes momentos - 

que duram

 um a um -

a vida inteira...


mote: 
As sem razões do amor
Carlos Drummond de Andrade

Eu te amo porque te amo.
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no elipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.









Nenhum comentário: