Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

domingo, abril 20, 2008

Eu não sei

© Soaroir
Mote do dia 20/04/08

Eu não sei
Das águas de Amaralina
De Coralina as razões
Das cirandas que não cantei com Lia
Nem outros cantos que sonhei
Eu não sei
Por quê a saudade passa
Enquanto a vida passa também
Num breve aceno de nascimento e morte
Aquém de cada passo
Eu não sei
Por quê o útero é tão pequeno
Não nos mantém criança
Protegido em seu espaço
Sem precisar ir muito além
Eu não sei
Estou escondido de todos, do amor
Nesta friorenta ânsia
De conquista, réquiem da vida
Que não sei se é curta ou longa
Para uma planta
Entre as dobras das escarpas
A receber no peito
O sal de adolescentes ondas

Insubmissas e revoltas, eu não sei.

Mote do dia:
NÃO SEI... Não sei... se a vida é curta... Não sei... Não sei... se a vida é curta ou longa demais para nós. Mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que sacia, amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo: é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira e pura... enquanto durar- Cora Coralina.

Nenhum comentário: