Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sexta-feira, abril 25, 2008

No cais do mundo

No Cais do Mundo
Soaroir 25/04/08

Sentada no cais do mundo esperei

De verão a verão sua chegada

Vi navios indo e vindo

E você qual nada!

Desisti...

Felicidade parece —

Inesperada.

Mote do dia: Desisti de ...
"Retirada
Flora Figueiredo


Respeite o silêncio
a omissão,
a ausência.
É meu movimento de deserção.
Abandonei o posto,
rompi a corda,
desacreditei de tudo.
Cansei de esperar que finalmente um dia,
minha fotografia
fizesse jus ao seu criado-mudo."
Calçada de Verão, Editora Nova Fronteira – Rio de Janeiro, 1989

2 comentários:

Rosi Gouvea disse...

O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

*Fernando Pessoa*

Vale sempre a pena andar aqui por perto!

Doces Beijos

Roselee Salles disse...

Ola Soroir
Primeiramente quero agradecer a visita a minha humilde página, bem como a sugestão de um site para escritores amadores (RL).
Por favor volte outras vezes,aceito criticas e sugestões; e quando voltares deixa o teu endereço no RL.
PS. Seu site é lindo!