Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

domingo, outubro 26, 2008

Amor que Mata

Soaroir
26/10/08
imagem:aredenarede












Eu, eu, eu...
meu, meu, meu...
É a risada mecânica do mundo,
o riso das esquinas e dos lares,
o riso da mídia e dos pregões.
Vá,vá,vá...
seu,seu,seu...
É a música do ter e do ver,
é o lenitivo dos agravados,
é o amor anarquista dos desamados.
Ai, ai, ai...
sou, sou, sou...
é a caçoada da dor e do grito,
é a zombaria do espanto e da morte,
é a pilhéria no enterro do ser.

para a Ciranda de Poesias
de Delasnieve Daspet

"Amor que mata"

Nenhum comentário: