Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sexta-feira, outubro 03, 2008

Pirambeira

© Soaroir de Campos
28/9/08


Tantas vezes chorei e fui atrás
Das razões de Deus e das dos homens
Continuo na mesma antiga busca
Só que hoje eu por isso já não choro mais.
De bom grado aceitei o que me apraz
Separado do eu preciso o que eu quero
Conjugo o eu tenho com o que posso ter
Curvada detenho-me no que sou capaz.
Conformada, deveras menos loguaz
Deus não questiono nem às estátuas
Eleitas razões de meus falimentos e "ais".
Pagos o preço e a comissão das descobertas
Obediente, sigo pelas vias das razões
Agora minhas, para descansar então em paz.

Mote do dia:
Aquele que deseja ir até o fundo de si mesmo

jamais será poupado do desafio do sofrimento.Anônimo

Nenhum comentário: