Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sexta-feira, maio 15, 2009

Meu jeito de sentir amor

Soaroir
14/5/09

imagem/Net



















Ingênuo. Sim meu jeito de amar é ingênuo.
Tanto que sequer eu convenço que o que sinto
É o meu melhor bem que eu tenho para dar,
Tolo, jeito enjeitado qual licencioso.

Meus amados só me tomam como ardiloso,
Entre os maiores inimigos declarados
Ganhei distinção por esse único mérito
De só saber amar assim nesse meu jeito.

Ingênuo jeito, esse meu amar ingênuo
Onde tramóias não se sentam nem pelejam
Para provar obrigação de ser amado.

Paciência. Se eu sentisse amor de outro jeito
Eu não seria este sujeito, e meu amor
De ingênuo efeito não seria nunca o mesmo.


"Existem várias formas de sentir e de querer o amor.
Existem várias formas de expressar e espalhar
esse sentimento que é tão sublime."

Descreva o seu jeito de sentir o amor.

MOTE: Meu jeito de sentir o amor!

sugestão de Eritania Brunoro

3 comentários:

Vieira Calado disse...

Cheguei aqui a partir do raking do marcador que tem, que é o mesmo que eu tenho.

Um abraço

Alexandre Campinas disse...

Sem grilos. A imagem não é minha (nem autoral, nem intelectual), também achei na internet. Bom o blog !

Mr. Cortex disse...

Este vou mandar para alguém especial... (: