Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

quinta-feira, maio 28, 2009

Poema do mal-entendido

©Soaroir 25/5/09


minha língua é virtual e pode ou não
ser o que cada qual quer ver como real
e se o desencontro de percepção acontece
é a realidade do momento individual.

por favor não me levem a mal
se o que digo dá má impressão
é porque...
bem, eu não tenho explicação
talvez só o outro saiba o por quê
de não se dispor a me entender.

porém, quando e se isso acontecer
fala alto, repita com a tua entonação
o que eu não me fizer entender
certamente darás diversa conotação.

...e como eu não sou o umbigo do mundo
tampouco importante figura...
não há razão para alguém se ofender
com o que diz esta inculta criatura.



Mote: "MAL-ENTENDIDO/S"

O Mal-Entendido Universal

"O mundo só caminha através do mal-entendido. É através do mal-entendido universal que toda a gente se põe de acordo. Porque se, por infelicidade, as pessoas se compreendessem, nunca poderiam pôr-se de acordo. O homem de espírito, aquele que nunca se porá de acordo com ninguém, deve aplicar-se a amar a conversa dos imbecis e a leitura dos maus livros. Extrairá funções amargas que lhe compensarão largamente a fadiga. "
Charles Baudelaire(Poeta/Escritor/Crítico), in "Diário Íntimo"

Nenhum comentário: