Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sexta-feira, março 28, 2008

Tempo de Amor

Folhetim Lilás
© Soaroir 28/03/08



“é imperioso que me venhas!

tu és minha e teu eu sou...”

roxeadas noites de ansiedade.

mistério de quartos mornos,

sedas e almofadas,

abatjours, luzes lilazes

velados desejos;

do pecado a prova do mistério...

até a última página do folhetim

e o gozo perdido no sidério!


Mote: por Lorenzo Giuliano Ferrari "Tempo de amor"

Um comentário:

Anônimo disse...

minhanossasenhora, que vc sabe escrever! Do perfil aos textos que li - tiro-lhe o proverbial chapéu. Parabéns.
Enviado por Dalva Agne Lynch em 20/04/2008 23:33