Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sexta-feira, março 21, 2008

O meu segredo

Por Soaroir 21/03/08 12:25h

A minha sepultura não vai suportar
Choros, flores murchas, velas ao vento
Içadas pra despedidas de quem
Sequer estará por lá.
Não estarei lá
Como grão em mutação
Estocada em moinhos e entre mós
Eu nao estarei lá
Serei clarão na noite escura que sorri
Estrela de neve no dia frio de qualquer lugar
Na minha sepultura eu não estarei lá,
Pois não morri
Só cessei um comportar.

Mote por Gabriel Rubinger Betti:
"Morte, que talvez seja o segredo dessa vida!"

Nenhum comentário: