Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sábado, maio 17, 2008

O segredo do poema

© Soaroir Maria de Campos


Há no poema qualquer coisa

Qualquer coisa de ficar e de avoar,

De trilhas de abelhas sem esquivança

De rochas e horas do dia.

Há no poema um mergulho

Decolagem, flutuar e dissipar-se

No mental trajeto do vento;

Há no poema um looping inesperado

Pousos de deslembranças

No retorno de caminhos

À cativas liberdades que o poeta

Bem conhece o ninho e alça o vôo.




Mote do dia:
"Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam..."

Fragmentos de um poema de
Mário Quintana

Nenhum comentário: