Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

domingo, abril 26, 2009

Poesia para um Suicida Contumaz

© Soaroir
25/4/09












dar laço na areia
não aprendi, nem
entender a vingança
do suicida
contumaz
ao punir aqueles
que o veem partir.
também sei
nada de caminhos
de céu, de sombras
de almas -
ou a hora
que se partem.
finalmente...
você partiu
para sempre!

Um comentário:

Bruxinhachellot disse...

Num movimento tudo termina e os que ficam ainda acreditam que poderiam ter agido diferente.

Beijos doces de seu sabor preferido.