Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sexta-feira, abril 30, 2010

Da Poesia On-line

Da Poesia On-line
Soaroir Maria de Campos
19/08/07 - 14:13

nasca-lines-bird


Por ela esqueço o fogão
A hora de pagar as contas
Levar pra sair o cão
Até quando ele me afronta.

Poesia é uma cachaça
Vira "on-line" dependência
Vício que não se larga
Mesmo sem uma anuência.

Mas peço consideração
Poeta não é padeiro
Embora um bom verso
Precise de fermentação.

Vou parando de antemão
Enquanto ainda há coerência
Pois aqui em ..."off":
Acabo de queimar o feijão!

Um comentário:

Jorge Sader Filho disse...

E sem esta 'dependência', não podem viver os poetas!
Abraço