Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

terça-feira, abril 13, 2010

Oscular – Verbo Transitivo

Soaroir 13/4/10

(Dia Internacional do Beijo)

imagem/google




Eu não gosto de beijar – não estranhe, é isso mesmo

Beijo comum, só de cara com cara, dado a qualquer um

mesmo este amarecido eu pouco faço questão de dar

nem tente analisar se de sentimento sou desprovido

se é por vergonha de amar ou pura auto proteção

o fato é que eu não gosto de beijar

A não ser o beijo mesmo, aquele do tipo atrevido, aspergido

que se dá no motel, no amante escondido, desse não digo

são os demais que para mim não têm sentido

os quais não dou e nem provoco, mas eu os troco

por um grande beijo de amor e de amigo.

3 comentários:

Flávio Morgado disse...

Belíssimo poema, além de oportuno.
A leveza e charme do poema estão gritantes. Meus parabéns.

F.M.

João Costa. disse...

Confesso que me identifiquei com vossas palavras.
Simples e direto, ao mesmo tempo muito forte.
Belos versos!

Ela.May disse...

de fato alguns beijos não fazem sentido...
beijo... ato controverso... sinônimo de amor e afeição, mas tb já foi simbolo da mais famosa traição!

lindo blog! belos versos! parabéns!