Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

quinta-feira, abril 15, 2010

a gente vai nadando...

a gente vai nadando...
Soaroir 15/4/10

imagem/amigosdomarnaescola

              mote: "deixa rolar"


a vida é um aberto mar
onde navegar é preciso
se não queres afundar
faz de bóia teu sorriso

mas aprende a flutuar
o mar dá e também traga
água remos e o remar
e o sorriso ele apaga

bem evita a deriva
idem a maré profunda
o que mantém a esportiva
e segue/vai nadando de ... costa


(tô praticando verb na 2ª - erros pf me orientem)

4 comentários:

Si Arian disse...

Boa tarde Soaroir, sou sua seguidora a menos de um ano e sempre dou uma passadinha por aqui, mas muitas vezes não faço comentário, apenas leio-te e fico no anonimato...
Adoro suas poesias, textos... Também gosto de utilizar o verbo na 2ª pessoa!
Como tu informaste que está praticando o verbo na 2ª pessoa (Tu), e solicitas orientação, não sou nenhuma letrada em português, e espero que não se incomode com a minha ousadia nas dicas abaixo:
aprende (aprendes)
evita (evitas)
segue (segues)
vai (vais)
Caso tu não desejas postar esse comentário, não se sinta constrangido.
Receba um forte abraço, Sucesso e ótimo final de semana pra ti.

Soaroir de Campos disse...

Nada disso! Agradeço muito sua participação!. Tentei o imperativo - verei como a coisa fica. Abrs e volte sempre.

João Costa. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Costa. disse...

Sim realmente é meio complicado utilizar construções com o "tu" boa sorte na empreitada.
Mas eu tenho certa admiração pelas construções com a 2a do plural e sua austera formalidade! Se puderdes assim fazer gostaria de vos ver a utilizá-las em vossos poemas mas vos digo desde já quetrata-se de muito humilde sugestão. Como vosso leitor gostaria alguma vez vos ver empregando tais estilos mas somente se quiserdes ou ao menos vos aprazerdes. Vos digo que é assaz complicado até mesmo tive que rever meu próprio comentário...
No mais, parabéns pelos belos versos!