Copyright Disclaimer

Do not reproduce any of my texts published here. Plagiarism will be detected by Copyscape.

sábado, dezembro 27, 2008

Perdão Rasgado

© Soaroir de Campos
Dez 25/2008

Perdão Mestre, eu sou apenas
um homem ignorante

eu não soube nada dos enxovais
do nascimento nem da morte
diante das intempéries eu me agasalhei
quando tive sede eu bebi
faminta eu quebrei imagens
duvidei, negociei e pequei
me arrependi
ofereci meu branco véu
no altar da santa
esperei...e ainda espero
pelo perdão
diante de muitos
e tanto
como saber se ele veio
se ainda morro de fome...

("Queridos amigos poetas pf me perdoem, mas esta semana de "perdão" não entendo muito bem. Na próxima quem sabe haja menos mágoa?!")

Nenhum comentário: